A partir da resina da mirra, uma planta encontrada no Oriente Médio e no Nordeste África,é extraído o chamado Óleo de Mirra, que é utilizado tanto para fins terapêuticos quanto para fins cosméticos e inclusive em cerimônias religiosas. Uma pesquisa do ano de 2010 publicada no jornal Food and Chemical Toxicology (Toxicologia Alimentar e Química, tradução livre) identificou que o óleo de mirra apresenta uma elevada capacidade antioxidante. Além da potencial atividade antioxidante, a mirra também tem um potencial de hidratação muito alta para a pele e para os fios.