O Extrato de Própolis está presente em muitos produtos para aliviar a inflamação na garganta, seja spray ou pastilha, em cosméticos para os cuidados com a pele do rosto ou para situações específicas, como pós-barba ou depilação. Um grupo de pesquisadores japoneses estudou o potencial de estímulo de crescimento capilar do própolis brasileiro. O própolis é um produto natural obtido da colmeia de abelhas, formado a partir de substâncias vegetais resinosas e secreções das abelhas. A função do própolis para as abelhas parece ser a de “vedante” para pequenas frestas da colmeia, além de ser um agente antibacteriano e antifúngico. Os povos antigos utilizavam o própolis para fins medicinais, incluindo terapias antitumorais, anti-inflamatórias e para a recuperação de feridas. Os extratos de própolis contêm várias substâncias fisiologicamente ativas, todas com efeito anti-inflamatório. Um destaque especial deve ser dado ao ácido cafeico (indutor da diferenciação de queratinócitos, anti-inflamatório e antioxidante) e ao ácido clorogênico (importante para a cicatrização de feridas por favorecer a repitelização da pele e de mucosas). Por ter influência sobre a atividade de células epiteliais, especialmente os queratinócitos, os autores propuseram que o própolis pudesse exercer algum efeito positivo no crescimento capilar. As camundongos fêmeas tiveram os pelos das costas raspados na sua oitava semana de vida, idade na qual os pelos estão sabidamente em fase telógena. A ideia era avaliar se o extrato seria capaz de acelerar a passagem para a fase anágena. Nos camundongos tratados com extrato de própolis, a fase anágena foi induzida após 10 dias do procedimento de raspagem, enquanto no grupo tratado apenas com o veículo (etanol 99.5%) foram necessários 18 dias. Após 21 dias do final do tratamento, 33,3% dos camundongos tratados com extrato de própolis apresentavam pelos que cobriam o seu dorso, comparado a apenas 14,3% no grupo tratado com o veículo. Frente a esses e mais um conjunto de resultados os autores deste trabalho concluem que o própolis facilitou a indução da fase anágena e ativou a proliferação dos queratinócitos da matriz, consequentemente acelerando o crescimento da fibra capilar.
Fonte do estudo:
http://www.blogtricologiamedica.com.br/2015/08/o-propolis-brasileiro-estimula-o.html Autora: Tatiele Katzer